O que é o self-storage e quais são os seus principais benefícios?

O espaço é, sem dúvida, um ativo valioso. Basta analisar a evolução dos preços das casas, bem como dos recintos comerciais e dos armazéns, em Portugal, nos últimos anos. Neste sentido, têm surgido, no mercado nacional, soluções alternativas para ajudar a colmatar as necessidades de armazenamento de particulares, mas também de pequenas empresas. O self-storage revela-se, então, um reflexo dessa tendência.

Este conceito de miniarmazéns – popularizado nos Estados Unidos – está a conquistar terreno em Portugal, pela sua flexibilidade e comodidade. Descubra, então, como funciona o self-storage.

O que é o self-storage?

Imagine, só para ilustrar, que vai realizar obras em casa e precisa de encontrar um espaço para armazenar temporariamente toda a sua mobília. Ou, então, possui um negócio e necessita de guardar o stock dos produtos que não foram vendidos durante o verão. Estes são, decerto, desafios comuns, enfrentados diariamente pelos consumidores e pelas empresas, aos quais o self-storage vem dar resposta.

Portanto, o self-storage é um modelo de armazenamento realizado sob a forma de boxes individualizadas, com dimensões variadas, que podem ser arrendadas tanto por particulares, como por empresas, por curtos períodos ou por prazos mais extensos.

Ao aderirem a esta solução de armazenamento, os utilizadores de self-storage beneficiam, frequentemente, de serviços complementares, a saber:

  • segurança e videovigilância, durante 24 horas;
  • seguro;
  • loja onde poderão adquirir caixas de cartão e outros materiais de embalamento;
  • serviços logísticos (ex: transporte).

Porquê recorrer às soluções de self-storage?

Há, aliás, um conjunto de problemas relacionados com a falta de espaço que podem ser solucionados ou minimizados graças ao self-storage. Conheça-os.

Particulares

  • Uma das situações mais comuns, que leva os consumidores a recorrerem ao self-storage,é a carência de espaço para armazenar provisoriamente as mobílias e o recheio de uma casa, enquanto o imóvel se encontra em remodelações. O mesmo se aplica nas situações em que os consumidores o vão vender, mas ainda têm de aguardar algumas semanas ou alguns meses até efetuarem a escritura da nova habitação. Logo, têm de encontrar uma solução pontual para armazenarem os seus pertences.
  • Para quem vive em casas pequenas, com pouco espaço de arrumação, o self-storage pode também ser encarado como uma solução de armazenamento a longo prazo, com o intuito de guardar os bens – como móveis antigos ou equipamentos desnecessários. Dessa forma, as famílias conseguem libertar espaço no seu lar.
  • Vai mudar de cidade ou de país e pretende colocar a sua habitação no mercado de arrendamento? Nestas situações, o self-storage permite-lhe, assim, armazenar, com segurança, todos os seus pertences, durante a sua ausência.
  • Estudantes universitários fora da sua área de residência habitual também poderão encontrar no self-storage uma alternativa para guardarem os seus bens, quando saem das residências universitárias, durante as férias, regressando a casa.

Empresas

  • Muitas organizações — principalmente aquelas que operam na área dos serviços e estão instaladas em edifícios de escritórios — debatem-se com um problema: a falta de espaço para os arrumos e para acomodar os seus diversos materiais (como os arquivos). Portanto, com o self-storage, as corporações libertam espaço dos seus escritórios.
  • O recurso ao self-storage é também uma opção relevante para pequenos retalhistas. Assim, encontram uma solução de armazenamento perto das suas lojas, onde rapidamente têm acesso ao stock de produtos necessários para o seu dia a dia. Desse modo, em vez de trabalharem com níveis de stock baixos, conseguem operar com stocks de segurança mais alargados. Graças a isto, as empresas garantem a rápida disponibilidade dos produtos aos seus clientes. Assim, em caso de rutura do stock em loja, em vez de terem de aguardar dois ou três dias pelo reabastecimento, conseguem disponibilizar os artigos em poucos minutos ou no mesmo dia.
  • Empresas de média ou maior dimensão, com armazéns próprios, podem também recorrer aos serviços de self-storage para colmatar necessidades pontuais. Por exemplo, em épocas de picos de vendas, como a Black Friday ou o Natal, as corporações têm de reforçar os seus stocks com os produtos que preveem escoar. Para ganharem espaço nos seus armazéns, podem recorrer às boxes de self-storage, acomodando temporariamente os stocks obsoletos ou sazonais, irrelevantes durante estes períodos.

Quais são os principais benefícios do self-storage?

O self-storage engloba múltiplas vantagens, nomeadamente:

Facilidade e comodidade

O processo de aluguer de uma box no modelo de self-storage é simples e sem burocracias. O utilizador precisa apenas de escolher o tamanho da sua box, definir a data de entrada e o período de utilização e realizar o pagamento. Pode ainda aceder-lhe em qualquer hora ou dia da semana.

Flexibilidade

Empresas e particulares têm a flexibilidade para escolher o espaço mais adequado às suas necessidades. Tanto pode ser uma box de 1 m2, como outra de 15 m2. A flexibilidade desta opção está também patente no horizonte temporal do aluguer da box: os clientes poderão utilizar este recurso como local de armazenamento permanente ou apenas para atender a uma situação pontual.

Menores custos

Para os particulares, o self-storage é uma solução financeiramente mais competitiva do que, por exemplo, adquirir ou arrendar uma garagem. Também para as empresas com necessidades de armazenamento reduzidas ou pontuais, esta é uma solução acessível, quando comparada com o tradicional modelo de arrendamento de armazéns por uma longa duração.

Segurança

Os miniarmazéns de self-storage têm, por norma, um sistema de videovigilância e estão munidos de alarmes, para garantir a segurança dos bens armazenados.

Se precisa de encontrar um espaço de armazenamento para os seus pertences ou para os materiais da sua empresa, então, contacte-nos. Através da Rangel Self Storage, o grupo Rangel providencia um conjunto de serviços especializados em miniarmazéns do tipo box para dar resposta às suas carências de espaço.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS:
Self Storage By Rangel, “Miniarmazéns do tipo box em regime de self-storage”. Acedido a 4 de novembro de 2022.
https://selfstorage.rangel.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *