Inovação na logística: tendências tecnológicas para 2022

Inovação na logística: tendências tecnológicas para 2022 1

Nos últimos anos, o mundo mudou e os processos logísticos registaram profundas e rápidas alterações. As operações tornaram-se mais rápidas, mais automatizadas, mais eficientes e dotadas de uma maior visibilidade. E estas tendências vão, certamente, continuar a dominar o setor em 2022, à semelhança da aceleração da inovação na logística.

Enquanto assistimos ao crescimento da estratégia omnichannel, ao aumento da procura pelos serviços e operadores 3PL e 4PL e ao papel, cada vez mais decisivo, dos processos last mile, vão surgir novos desafios aos quais é preciso dar uma resposta. É o caso, por exemplo, das preocupações crescentes em torno da sustentabilidade – que exigirão da parte das empresas a adoção de medidas que permitam assegurar operações logísticas mais sustentáveis, com menores emissões de carbono e mais amigas do ambiente. Ou de disrupções na cadeia de abastecimento como as provocadas recentemente pela crise pandémica ou o bloqueio do Canal do Suez.

Para dar resposta aos desafios que se perfilam no horizonte, a inovação na logística, apoiada em tecnologia, surge como o principal fator indispensável para entregar mais rápido, com menores custos e com uma redução de falhas. Nesse sentido, a tecnologia e a adoção de ferramentas inteligentes serão elementos diferenciadores para as empresas se manterem competitivas.

Neste artigo, destacamos algumas das inovações tecnológicas que serão críticas em 2022 para dotar as organizações das melhores ferramentas logísticas para gerir riscos e eventuais disrupções na supply chain, facilitar o processo de tomada de decisões e melhorar a capacidade preditiva das operações.

Cinco tendências de inovação na logística para 2022

A tecnologia esteve na base de alguns dos maiores avanços e progressos que o setor logístico registou nos últimos anos e vai continuar a ser um elemento crucial para capacitar as supply chains e torná-las mais resilientes. Em declarações recentes, um responsável da Accenture afirmou que o ritmo de transformação digital nas empresas está a acelerar, nomeadamente no que se refere aos investimentos aplicados em inteligência artificial e em data. Conheça, assim, cinco tendências tecnológicas que vão moldar o setor da logística em 2022.

Big Data

Para garantir processos logísticos mais eficientes, não basta ter acesso a informação: é necessário que ela seja trabalhada e consiga gerar inputs relevantes para a equipa de gestão. Big Data permite isso mesmo ao utilizar sofisticados métodos que analisam informação complexa. Dessa forma, é possível saber quais as melhores rotas para maximizar a rentabilidade do transporte e cumprir os prazos de entrega.

Big Data é, além disso, uma ferramenta que ajuda a detetar e reduzir ineficiências nas diversas etapas da cadeia de abastecimento e a prever, com mais rigor, os fluxos de procura e os ciclos de compra dos consumidores.

H3: Internet of Things (IoT)

Conhecida como a Internet das coisas, refere-se à conectividade de equipamentos. Munidos com sensores e ligados à Internet, estes permitem a contínua troca de dados e de informações entre si. Como é que esta tendência impacta, na prática, o setor logístico? Por exemplo, os aviões, camiões ou outros veículos de transporte podem estar equipados com sensores que fornecem informações em tempo real sobre os envios.

Segundo o artigo “What does 2022 have in store for the shipping and logistics industry?”, são vários os grandes benefícios da IoT.

Por um lado, ajuda a melhorar a eficiência operacional das atividades. Por outro, contribui para o aumento da visibilidade, permitindo perceber qual a localização dos veículos de transporte ou o estado da carga. Ao mesmo tempo, a aplicação da Internet of Things na supply chain pode ser usada para prever com maior rigor e exatidão o horário de entrega ao cliente, contribuindo assim para a satisfação e fidelização dos consumidores. Outra vantagem assenta no aumento dos níveis de segurança conferida pela IoT, uma vez que é possível uma empresa obter notificações em tempo real sobre os produtos perdidos ou roubados.

Automação

O crescimento do comércio eletrónico, que trouxe novas exigências para as empresas, acelerou a adoção de automatismos que permitissem o desenvolvimento de processos sem falhas ou erros, realizados com grande rapidez. Essa tendência de inovação na logística deverá manter-se também em 2022, até porque o problema da escassez de mão de obra que se verifica em vários mercados em diferentes etapas do circuito logístico não se resolverá no curto prazo. Essa automação será cada vez mais apoiada na inteligência artificial, na realidade aumentada e também na realidade virtual. De acordo com as estimativas, em 2030, a maioria das operações logísticas estarão automatizadas.

Blockchain

Esta tecnologia terá também um papel cada vez mais relevante no setor. A blockchain pode fomentar a transparência e a visibilidade de toda a cadeia de abastecimento, minimizando os efeitos de uma possível disrupção num dos elos da mesma e, em simultâneo, melhorando o serviço ao cliente. Como? Através da blockchain, é possível integrar todas as componentes da supply chain numa única plataforma descentralizada. Desse modo, as transportadoras, companhias marítimas e outros operadores de logística podem usar os vários “blocos” da  mesma plataforma para atualizar informações sobre o circuito dos produtos.

Robótica

Tarefas monótonas e repetitivas passarão, cada vez mais, a ser desempenhadas por robots, permitindo aos colaboradores das empresas focarem-se em tarefas de valor acrescentado. Num armazém, por exemplo, o recurso a robots permite movimentar um volume elevado de produtos com rapidez e eficiência, poupando tempo e esforço.

Isso mesmo é possível, por exemplo, através da adoção de veículos AGV ou da utilização de braços mecânicos que procedem à preparação dos pedidos de forma automática. Ao mesmo tempo, cresce também a atenção sobre a utilização de drones e de veículos autónomos.

Se procura integrar soluções inovadoras na sua organização que tornem o processo logístico mais eficiente, contacte-nos. O grupo Rangel tem um conjunto alargado de soluções logísticas, para garantir que o seu negócio tem todo o apoio para ser bem-sucedido.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS:
Supply Chain Digital. 2022: Future Tech in Supply Chains. Consultado a 06 de dezembro de 2021.
https://supplychaindigital.com/technology/2022-future-tech-supply-chains
Global Trade. What does 2022 have in store for the shipping & logistics industry. Consultado a 06 de dezembro de 2021.
https://www.globaltrademag.com/what-does-2022-have-in-store-for-the-shipping-logistics-industry/
Finances Online. 14 Supply chain trends for 2021/2022: new predictions to watch out for. Consultado a 06 de dezembro de 2021.
https://financesonline.com/supply-chain-trends/
Xtended View. Top 6 emerging logistics industry trends & innovations in 2022. Consultado a 06 de dezembro de 2021.
https://xtendedview.com/business/emerging-logistics-industry-trends/8813/

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.