Transporte em Temperatura Controlada: Especificidades

Transporte temperatura controlada: especificidades 1

As mercadorias sensíveis às condições climáticas, como os produtos alimentares, os produtos farmacêuticos ou outras tipologias de produtos, como por exemplo flores ou bebidas, requerem soluções de transporte terrestre específicas, como o transporte em temperatura controlada, para além de cuidados especiais de manuseamento e armazenamento.

Assim, para garantir uma perfeita conservação do produto transportado, deve recorrer-se a veículos com equipamento de refrigeração e isolamento térmico, que proteja as mercadorias das oscilações de temperatura, diminuindo o risco deterioração dos produtos uma vez que a temperatura interna é definida conforme a exigência dos mesmos.

De acordo com o Statista, em 2019 o mercado europeu de logística da cadeia de frio valia mais de 75 mil milhões de dólares, prevendo-se um crescimento que deverá atingir os 112,8 mil milhões de dólares em 2025.

O transporte terrestre em temperatura controlada deve por isso responder às necessidades das cadeias de abastecimento mais exigentes, e obedecer aos diversos critérios definidos internacionalmente pela Organização Mundial de Saúde. Aspetos como o armazenamento, o manuseamento dos produtos, a embalagem e as características do veículo devem fazer parte da lista de verificação e planeamento do transporte em temperatura controlada.

Aspetos fundamentais do transporte em temperatura controlada

Sensibilidade da mercadoria

A identificação das necessidades críticas da mercadoria é fundamental para conseguir uma logística e transporte eficiente e rentável. Nem todos os produtos perecíveis apresentam as mesmas necessidades no que diz respeito à estabilidade da temperatura, velocidade de transporte ou requisitos de segurança, pelo é importante entender quais as temperaturas adequadas para cada produto, para evitar eventuais danos causados por refrigeração excessiva e congelamento, queimaduras pelo gelo, desenvolvimento de microrganismos ou desidratação.

No que diz respeito à categorização dos produtos relativamente ao transporte temperatura controlada, consideram-se três ambientes:

  • temperatura controlada ambiente, para produtos que necessitam de ser conservados entre os 15°C e os 25°C, como por exemplo, flores, frutas, legumes e uma grande maioria dos medicamentos.
  • baixas temperaturas, para produtos que necessitam de ser conservados entre os 2°C e os 8°C >, como é caso de uma grande maioria dos medicamentos mais valiosos, como por exemplo as vacinas, laticínios e carne ou peixe frescos.
  • congelação, para produtos congelados e ultracongelados que necessitam de ser conservados abaixo dos 0°C.

Limitações do veículo e armazém

Os camiões destinados ao transporte em temperatura controlada apresentam limites de capacidade diferentes dos camiões tradicionais de transporte de mercadorias, uma vez que a câmara frigorífica, devido à camada extra de isolamento, reduz o espaço disponível para a carga. O mesmo acontece no que respeita ao limite de peso de carga permitido, uma vez que peso adicional do equipamento de controlo de temperatura também afeta a capacidade de carga útil. Assim, é importante acautelar previamente junto do operador logístico os limites das dimensões e peso da carga.

No caso de se tratar de produtos altamente sensíveis a variações de temperatura, que exijam critérios de manuseamento e armazenamento específicos, é igualmente fundamental assegurar a disponibilidade de armazém com temperatura controlada enquanto se efetuam operações de transbordo ou reacondicionamento da carga, de forma a evitar alterações na qualidade dos produtos.

Características da embalagem

Para além dos aspetos anteriores, e para que o transporte terrestre em temperatura controlada decorra cumprindo todos os requisitos, existe um aspeto essencial – a embalagem. Se o embalamento do produto for o adequado, a mercadoria estará ainda mais protegida durante o transporte.

Assim, quando se trata de produtos perecíveis é recomendada a escolha de uma embalagem isolante, que reduza ou impossibilite a transferência de calor através da mesma. Entre os materiais mais recomendados para este tipo de embalagens estão a espuma de poliestireno expandido (EPS), espuma rígida de poliuretano e materiais reflexivos como filmes de barreira radiante. Os refrigerantes de gel e o gelo seco também são recomendados para produtos que necessitem de ser transportados em temperaturas negativas e apresentam-se como uma boa alternativa ao gelo tradicional uma vez que este é mais pesado e corre o risco de derreter com mais facilidade durante o transporte.

No caso do transporte de produtos congelados é também aconselhável a colocação de material absorvente (almofadas, revestimento de celulose ou toalhas de papel) no fundo das embalagens, para absorver eventuais líquidos que possam vazar.

Aposte num parceiro logístico de confiança

O transporte terrestre em temperatura controlada é um processo complexo, que requer know how e experiência nos processos, competências que o parceiro logístico que assegura o transporte deve apresentar.

Assim, deve preferir uma empresa que apresente variedade de soluções logísticas e de transporte em temperatura controlada, que permitam, por exemplo, opções de carga completa (Full Truckload) ou consolidação de carga (Less-Than Truckload), rede de distribuição dedicada com temperatura controlada, sistemas Full-Track & Tracing com monitorização total da cadeia de abastecimento e infraestruturas de armazenamento com temperatura controlada.

Atualmente, a Rangel apresenta uma solução de transporte terrestre em temperatura controlada eficiente, desenvolvida com altos padrões de qualidade quer no mercado nacional ou internacional, que reduz a complexidade da cadeia de frio. Com uma cobertura europeia total, desde a Europa Ocidental à Europa de Leste, passando também pelo Reino Unido, Holanda, Escandinávia e Norte de África, e com tempos de trânsito definidos, apresenta soluções à medida de cada cliente. Para mais informações contacte a nossa equipa comercial.

Referências Bibliográficas:
Organização Mundial da Saúde. Temperature-controlled transport operations by road and by air, Acedido em 08 de julho de 2020, em https://www.who.int/biologicals/expert_committee/Supplement-12-TS-pack-containers-reefer-trucks-final-ECSPP-ECBS.pdf
What is temperature-controlled freight shipping?. Freight Quote, Acedido em 08 de julho de 2020, em
https://www.freightquote.com/blog/what-is-temperature-controlled-freight-shipping/
Statista. Market size of cold chain logistics in Europe 2019-2025, Published Apr 1, 2020, Acedido em 08 de julho de 2020, em
https://www.statista.com/statistics/1108444/cold-chain-logistics-market-size-europe/

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *